SportTV o canal do futebol???

sportv

Quero começar este post, primeiro que tudo com um pedido de desculpas por ter estado tanto tempo por fora da escrita neste blog, mas questões pessoais me tem impedido de o fazer.

Havia tanta coisa sobre a qual gostava de falar, mas o dia tem apenas 24 horas e entre trabalho, vida pessoal e os hobbies (onde se inclui este blog e o treino de futebol), o tempo escasseia, mas prometo tentar voltar à escrita regular, algo que tem sido impossível.

Depois de feito o merecido MEA CULPA, falemos daquilo que realmente interessa. Hoje não é o primeiro dia que isto acontece, e já falei sobre isto numa altura em que os jogos dos clubes Portugueses não eram transmitidos em directo na altura do apuramento para a Liga Europa, mas ninguém acha estranho chegar hoje (sábado dia 17 de Setembro de 2016), e numa altura em que o Arsenal joga em casa do Hull City, em que o campeão Ingles recebe o Burnley, em que o Borussia de Dortmund joga em casa frente ao Darmstadt, entre outros jogos de ligas fantásticas, ninguém acha estranho que o jogo que esteja a dar na SportTv 1 seja a repetição do Real Madrid vs Sporting? Serei só eu? Podia ser o Benfica vs Besiktas, o FC Porto vs Copenhaga ou o Sp.Braga vs Gent… É uma REPETIÇÃO!!!!! Ou será que as pessoas vão preferir ver estes jogos, à espera que o resultado seja diferente, ou estarão à espera de ver aqueles campeonatos que o canal de desporto Português tanto vende (nas publicidades). A verdade é que, quando não há jogos dos grandes campeonato em directo se percebe que sejam passadas repetições dos jogos mais importantes dos Portugueses (e a Champions, realmente faz parte dos jogos mais importantes dos clubes Portugueses).

Mas faz algum sentido fazê-lo numa hora em que há tantos jogos do futebol Alemão, do Espanhol, e, acima de tudo, do Inglês que esteve 3 anos noutro canal de desporto, ligado a um clube e que SÓ TINHA 2 CANAIS? Para mim, como adepto do bom futebol, acho RIDICULO ser mostrada uma repetição de um jogo que foi na quarta-feira passada, numa altura em que há tanto futebol em directo para ser transmitido.

E depois há a desculpa de ser o canal do futebol Português. Até porque há um jogo que até vai ser muito bom às 16h (Estoril vsMoreirense), mas seria impossível tranmitir um outro jogo até ao início deste? Dos jogos Alemães, começados às 14h30, não seria mais interessante ver 75 minutos em directo do que ver uma repetição?

Pode o problema ser meu, e nem estou a falar do canal que deu atletismo (para quando um canal apenas destinado aos outros desportos MAS SÓ PARA ESSES DESPORTOS,  ou então deixar alguns dos campeonatos que tem a seu cargo para outros canais, porque assim perdemos tanto…), mas na minha opinião há tanto a crescer na SportTV que até dói. Pessoalmente acho que os últimos anos, em que houve um outro canal a dar luta foi muito bom para quem quer ver tudo o que se passa no futebol Europeu. Tenho medo, acima de tudo, que comecemos a pagar balúrdios para ver os jogos que algumas pessoas querem ver, sem termos uma palavra a dizer. E o exemplo de hoje foi PÉSSIMO!!!

Ninguém quer ver uma repetição de um jogo, quando há tanto bom futebol em directo. Alguém tem que acordar e começar a fazer as coisas como deve ser. Quem quer ver repetições que o faça de madrugada, ou use as empresas de comunicações que agora permitem voltar 7 DIAS atrás.

Peço desculpa, mas esta é a minha opinião…

Abraços.

Taça CERS – Óquei de Barcelos vence em casa (6-3) frente a Espanhóis do Vilafranca e levanta “Caneco” 21 anos depois!

IMG_20160501_202545

 

No pavilhão de Barcelos, casa do Óquei Clube de Barcelos, histórico do hóquei Nacional, que leva 3 títulos Portugueses, 1 Taça CERS, uma Taça das Taças e uma Liga Europeia de Hóquei, que, por exemplo, tirando o Valongo há dois anos foi o único clube a conseguir intrometer-se na hegemonia dos crónicos grandes do hóquei desde a época de 1988/89. Um clube que passou por dificuldades há alguns anos devido também à crítica falta de investimento que há por parte dos patrocinadores no hoquei nacional, mas que tem renascido das cinzas qual fénix.

E depois de uma meia final emotiva, onde a equipa da casa venceu, apenas na marcação de grandes penalidades o seu adversário (os Italianos do Matera, onde após um jogo em que acabaram empatados por 3-3 no tempo regulamentar, acabaram por vencer por 2-1 nas grandes penalidades), encontraram na final os Espanhóis do Vilafranca, que venceram o Sporting, a outra equipa Portguesa em prova, também nas grandes penalidades e também por 2-1, após empate (1-1).

E num jogo que se esperava que fosse tudo menos fácil, a verdade é que os Espanhóis entraram melhor estando a vencer por 1-0 e 2-1, mas conseguiram uma recuperação fantástica, principalmente nos últimos 5 minutos do primeiro tempo, chegando ao intervalo a vencer por 5-2.

No segundo tempo e com uma vantagem confortável, a equipa de Barcelos foi controlando a partida e segurando a vantagem, e até sofreram o 5-3, que deu alguma esperança aos adversários, mas na marcação de uma grande penalidade o capitão dos Portugueses, Luis Querido, fez o 6-3, “matando” praticamente o jogo.

Depois do Sporting na época passada, eis que há mais uma equipa Portuguesa a levantar o “caneco” este ano. Um troféu bem merecido pelo que se pôde ver pelo jogo de hoje, para um clube que já merecia, depois de todas as dificuldades que atravessou.

Das duas competições Europeias de Hóquei em Patins, uma fica já em solo Português, a Liga Europeia, que se joga dentro de duas semanas, tem dois candidatos Lusos (o campeão Benfica e a Oliveirense), que tudo farão para garantir que, numa final four disputada no pavilhão da luz, o troféu fique por terras Lusitanas.

E este ano ainda teremos o Europeu, onde a nossa selecção, como sempre, lutará para ficar com o troféu. Um ano em grande para o hóquei em patins nacional, que começou da melhor maneira, com a Taça CERS para o Óquei de Barcelos.

Parabéns ao Óquei, parabéns a Portugal, e parabéns a todos os adeptos do hóquei Português, que devem estar orgulhosos desta grande vitória.

César Escobar