NBA – Spurs voltam a vencer (86-107) e estão a uma vitória do anel de campeões

nba-finals_header

 

Depois de um jogo fantástico, o jogo perfeito dos Spurs que conseguiram arrancar uma super vitória em Miami, chegamos ao jogo 4, o jogo central, um jogo importantíssimo para as duas equipas. Se por um lado uma vitória dos Spurs dará praticamente o título (pois tem dois jogos em casa e ficam a apenas um jogo de ganhar o anel), por outro lado a equipa de Miami precisa de ganhar para voltar a entrar na corrida pelo título.

O primeiro período começou algo atabalhoado, com duas equipas muito nervosas e aos dois minutos tínhamos os primeiros pontos dos Spurs, que apenas empatavam o jogo (2-2). Os Spurs foram os primeiros a assentar o seu jogo e chegaram ao momento do primeiro desconto de tempo (pedido por Miami), a vencer por 9 pontos (4-13). Recuperaram os jogadores de Miaimi e reduziram a desvantagem para 3 pontos (10-13). Mas os Spurs voltaram a pegar no jogo, chegando novamente à vantagem de 9 pontos (15-24). E foi essa a diferença com que terminou o primeiro tempo (17-26).

Começaram melhor o segundo período chegando a uma vantagem de 14 pontos (17-31).  A equipa de Miami reagiu, com o “velhinho” Ray Allen à cabeça, com dois triplos e reduziram a desvantagem (28-37). Mas voltaram a ser mais fortes os Spurs, e com um parcial de 9-0 chegaram a uma vantagem de 18 pontos (28-46). A vantagem chegou aos 20 pontos, a pouco menos de um minuto do final da primeira parte (33-53). O período terminou com vantagem de 19 pontos para os Texanos (36-55).

Depois de um início de segunda parte equilibrado, com falhas e pontos de parte a parte, a equipa de Miami acabou por ter um momento de ascendente, chegando a uma diferença de 13 pontos (48-61). Os Spurs conseguiram um parcial de 7-0 depois voltando a ter a vantagem em 20 pontos (48-68). O jogo entrou numa fase mais equilibrada, mau para os Miami, bom para os Spurs, que mantiveram a vantagem na casa dos vinte pontos (54-75). O período terminou com uma vantagem de 24 pontos para os Spurs (57-81).

O último período foi equilibrado, mantendo-se a vantagem dos Spurs à volta dos 20 pontos, com a equipa Texana a controlar a vantagem. Bem tentaram recuperar os jogadores de Miami, mas a diferença era muito grande e o tempo começou a escassear. Um último período com pouca história que terminou com a natural vantagem dos Spurs (86-107).

Mais uma grande vitória dos San Antonio Spurs, que foram mais fortes durante toda a partida, e acabaram por conseguir uma vantagem final de 19 pontos. A uma vitória do título, e com dois jogos em casa, é quase impossivel perder o anel este ano. A taredfa dos Heat já era difícil, mas hoje tornou-se quase impossível, e no próximo Domingo esta final pode acabar, porque os Heat vão a San Antonio e precisam de vencer para continuar na luta.

César Escobar

 

Anúncios

NBA – Spurs vencem primeiro jogo em Miami (92-111)e voltam a ter vantagem

nba-finals_header

Na madrugada de ontem jogou-se o terceiro jogo da final da NBA. Depois de dois jogos muito emocionantes, esperava-se mais uma partida de grande qualidade, com incerteza até ao final.

O jogo começou muito equilibrado, com as duas equipas a não falhar os primeiros quatro ataques, mantendo o jogo naturalmente empatado (8-8). Depois tivemos um momento de total domínio dos Texanos que chegaram a meio do periodo com uma vantagemd e 12 pontos (10-22). A equipa de Miami conseguiu recuperar, e voltar a entrar no jogo, baixando a diferença para 7 pontos (20-27), mas os jogadores dos Spurs não estavam pelos ajustes e voltaram a pegar na partida, conseguindo terminar o primeiro período com uma fantástica vantagem de 16 pontos (25-41).

No segundo período o domínio dos Spurs continuou, chegando a uma vantagem de 25 pontos (30-55). A equipa de Miami acertou o passo, e em poucos minutos conseguiu recuperar 11 pontos a uma diferença tremenda (48-62). Mas a fase final voltou a ter uma equipa de San Antonio muito forte e voltaram a aumentar o fosso para a equipa da casa, chegando ao intervalo com um recorde de pontos e uma vantagem de 21 (50-71).

A equipa de Miami entrou melhor no segundo tempo, recuperando 6 pontos logo no primeiro minuto (56-71). Entrámos numa fase de muito equilibro e menos espectacularidade, com muitos ataques falhados e com a diferença a manter-se nos 15 pontos para os Texanos. A equipa de Miami voltou a recuperar, chegando a uma desvantagem de 7 pontos (74-81), a menor diferença desde o primeiro tempo. O terceiro período terminou com uma vantagem de 11 pontos para San Antonio (75-86).

O último tempo começou equilibrado, mas a meio do período, a equipa Texana ganhou algum ascendente (84-100), praticamente sentenciando a partida. Até ao final da partida, a equipa de Miami bem tentou pelo menos aproximar-se dos Spurs, mas a vitória estava garantida e o jogo acabou com uma vantagem de 19 pontos para a equipa que foi mais forte durante a madrugada (92-111).

Um grande jogo, com uma primeira parte quase perfeita (71 pontos) por parte da equipa dos San Antonio Spurs, devolveu a vantagem nesta final à equipa do Texas. Os Heat bem que tentaram contrariar o grande jogo dos Spurs, mas hoje era completamente impossível fazê-lo. Depois de ganhar a vantagem teórica de ter ganho um jogo fora de casa, a equipa de LeBron, Wade e Bosh ficam de novo em maus lençóis. Como já vimos nestes três jogos, ambas as equipas têm capacidade de vencer na casa do adversário e espera-se que a final chegue ao jogo 7, pois quantos mais jogos desta espectacularidade houverem, melhor.

César Escobar