Video – Mundial 2014

Video com o resumo do Mundal 2014.

Alegrias e tristezas, derrotas e vitórias, dentadas, lesões e muito, mas muito futebol!

Anúncios

Mundial 2014 – FINAL – Alemães são CAMPEÕES DO MUNDO depois de vencer a Argentina

final-copa

 

E chegámos ao grande dia. Hoje alguém vai levar a Taça de Campeão do Mundo. Argentina ou Alemanha? quem será o grande vencedor do campeonato do Mundo 2014? Uma Alemanha que já eliminou Portugal (4-0 na fase de grupos), França (1-0 nos quartos de final) e o anfitrião Brasil (7-1 nas meias finais), entre outros, e que tem demonstrado um futebol poderoso, uma equipa muito forte, muito experiente, defronta a Argentina que não tem feito grandes exibições é verdade, mas que tem conseguido levar de vencidos todos os seus adversários, sempre por um golo de diferença, com excepção do jogo frente à Holanda, onde apenas conseguiu vencer nos oitavos de final. Europa ou América do Sul? O que se espera é que vença o futebol.

Estes são os 11 iniciais:

Alemanha: Neuer; Howedes, Hummels, Boateng e Lahm; Schweinsteiger, Khedira e Kroos; Ozil, Muller e Klose;

Argentina: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Biglia, Mascherano e Enzo Perez; Lavezzi, Messi e Higuaín;

Árbitro: Nicola Rizzoli (Itália);

O jogo começou muito equilibrado, com poucas oportunidades de golo, mas com muita intensidade e qualidade no meio campo. Duas equipas que queriam chegar ao título, num jogo onde a Argentina até começou melhor, criando mais oportunidades, e até chegaram a marcar um golo, por Higuain que estava fora de jogo, não sem antes o avançado Argentino ter aparecido na frente de Neuer e rematado ao lado. Os Alemães demoraram a “entrar no jogo, mas estiveram bem defensivamente, não dando muitos espaços aos adversários que bem tentaram no primeiro tempo chegar ao golo, sem o conseguir. Não que os Germânicos tenham-se limitado a defender, que não o fizeram, mas não conseguiram no primeiro tempo abrir a bem organizada defensiva Argentina. O jogo chegou ao intervalo com o empate a 0.

O segundo tempo não foi tão interessante, mas a equipa Alemã teve mais bola e começou a aproximar-se com mais perigo da baliza de Romero, colocando a defensiva Argentina em sentido. Um jogo muito disputado a meio campo, mas onde ambas as equipas tentaram chegar ao golo que garantisse o ceptro de campeão Mundial. Com o passar do tempo a equipa Argentina parecia estar cada vez mais em busca do contra-ataque e da “capacidade defensiva” e tirou Enzo Perez para meter Gago perto do final do tempo regulamentar.Deram o controlo do jogo aos Alemães e fecharam as suas linhas, deixando o ataque apenas a três jogadores (Aguero, Palacio e Messi na altura). O jogo chegou ao final, sem que qualquer equipa se tenha superiorizado ao adversário, o empate a zero isso demonstrava.

O prolongamento começou intenso, com oportunidades para os dois lados. A Alemanha controlava a posse de bola e os Argentinos tentavam em jogadas de ataque rápido surpreender a mais subida equipa Alemã que no entanto nunca perdeu a sua organização e não deu muitas possibilidades aos Argentinos. O momento do jogo apareceu aos 113 minutos, altura em que Schurle encontrou espaço pela esquerda e colocou a bola em Gotze que parou de peito e sem deixar a bola bater no chão fez um remate indefensável para Romero. A Alemanha estava na frente e já cheirava a campeão. Os Argentinos bem tentaram dar a volta, mas muito organizados na sua defensiva os Alemães não deram qualquer hipótese aos Sul Americanos de chegar ao empate. Pouco depois soou o apito final e a Alemanha era Campeã do Mundo!

Um jogo muito intenso, onde acabou por ganhar a melhor equipa em campo, não só neste jogo, como no Mundial. Os Argentinos bateram-se bem mas foram incapazes de contrariar o maior poderio demonstrado neste campeonato do Mundo por parte dos Alemães. Foi um jogo muito táctico, mas de muita qualidade, onde acabou por vencer a melhor equipa. A primeira equipa Europeia a vencer um Mundial em terras Sul Americanas.

Alemanha: Não foi o melhor jogo dos Alemães. Talvez surpreendidos pela organização defensiva dos Argentinos e pela capacidade dos mesmos de abrir no ataque criando muito perigo para a defensiva contrária. Não se desposicionaram e conseguiram segurar o empate até ao intervalo. No segundo tempo foram mais fortes, mostraram mais o seu jogo mas não conseguiram chegar ao golo. Acabou por chegar num grande momento de Gotze que tirou da “cartola” um belo golo que acabou por dar a vitória na partida e o título Mundial.

Argentina: Foi talvez o melhor jogo da equipa Argentina. Respeitou sempre o poderio dos Alemães e tentou durante os 120 minutos lutar com as suas armas. Defendeu demasiado na fase final e talvez pagou por isso no lance do golo Alemão porque não conseguiu subir as linhas na fase final. Acabam por ser os dignos vencidos, mas não mereciam o título pelo “medo” que mostraram durante todo o Mundial.

Figura – Gotze: Foi o autor do golo. E que golo este do jogador Alemão! Entrou no segundo tempo e acabou por dar a taça aos Germânicos. Num jogo muito táctico foi o jogador que conseguiu desbloquear a partida e impedir que a mesma fosse às grandes penalidades. É um grande jogador e demonstrou o mesmo nesta partida.

César Escobar