Campeonato Nacional de andebol – Benfica vence Porto (22-20) e está na final!

img_770x433$2016_03_17_01_29_53_1077652

 

 

 

 

 

 

 

Falemos de andebol. Falemos do campeonato nacional de andebol, e da fenomenal prestação do Benfica até ao momento. O Benfica é finalista da Liga de andebol, tendo eliminado, nada mais nada menos do que o Hepta campeão Futebol Clube do Porto. Mais que isso, os encarnados já conseguiram vencer 4 vezes (embora 3 delas no prolongamento), um clube que esta época, a nível Nacional não tinha perdido qualquer jogo até encontrar o Benfica.

Sejamos verdadeiros, o Porto é neste momento, em andebol, uma equipa mais bem estruturada, muito mais confiante (os sete títulos consecutivos dão essa confiança) e muito mais experiente do que os encarnados. O Benfica perdeu este ano alguns dos seus “símbolos”, António Areia para o Porto e Carlos Carneiro para o Sporting são alguns exemplos de jogadores que saíram, sem contar com Cláudio Pedroso e Darío Andrade que também saíram do plantel, mas o treinador Mariano Ortega formou um plantel jovem, com jogadores de grande qualidade e com um futuro brilhante pela frente. E o passado recente mostrava que o Benfica tinha uma tarefa complicadíssima, quase impossível de conseguir vencer 3 jogos frente a um lube que para além das vitórias nos últimos 7 anos, tembém tem uma invejável carreira internacional nos últimos anos, lutando na Champions frente a alguns dos melhores clubes do mundo do andebol.

Mas a verdade é que no desporto não há impossíveis, e os encarnados conseguiram ser mais unidos e surpreender o seu adversário por quatro vezes em cinco jogos. Ha menos de um mês ninguém seuqer imaginaria que o Benfica pudesse vencer a Taça de Portugal, e eliminar o crónico campeão Nacional tomando assim o seu lugar na final, acabando com a hegemonia azul e branca, mas foi precisamente isso que aconteceu.

O que podemos dizer sobre os jogos do campeonato (e o jogo da Taça), entre estas duas equipas? Podemos dizer que foram 5 hinos à modalidade, que mostraram o equilibrio que existe no andebol nacional, onde foram os promenores que definiram quem vencia, quem viu os jogos e não se lembra das duas grandes defesas de Mitrevski a dois livres de sete metros, no segundo jogo desta meia final? Jogos de grande qualidade onde acabou por vencer aquela que embora teoricamente fosse uma equipa menos forte, foi mais equipa e fez das suas fraquezes forças, para levar de vencida esta eliminatória.

Moral da história, a época do Porto terminou mais cedo do que estariam à espera e o Benfica consegue uma presença na final, algo que já não acontecia há 3 anos. Ainda à espera do seu adversário, já que do outro lado também temos uma eliminatória super equilibrada com as equipas a ganharem até agora os jogos fora (Sporting e ABC jogarão a “negra” no próximo dia 4 de Maio) os encarnados virar-se-ão para a Challenge Cup, troféu Europeu onde está, tal como o ABC, pela terceira vez consecutiva nas meias finais e estão em busca de voltar a uma final. Mas para isso terão que ultrapassar os Noruegueses do FyllingenBergen nos próximos dias 23 e 30 de Abril.

As águias já encontraram um lugar na história, por terem impedido o Porto de chegar ao oitavo título consecutivo. Já venceram a Taça de Portugal e ainda lutam por mais dois troféus. Ainda há muitas emoções pela frente no andebol Nacional e no andebol do Benfica em particular. Vejamos o que o futuro nos reserva. Entretanto parabéns ao Benfica pela passagem, e parabéns ao andebol Nacional pelas grandes demonstrações com as quais nos tem brindado nas últimas semanas. São estes momentos que fazem com que o número de adeptos da modalidade aumente. O andebol Português agradece.

 

César Escobar

 

Anúncios